25 frases do livro Do Mil ao Milhão que te ensinam sobre dinheiro

"Se caminhamos seguindo apenas o senso comum, vamos ganhar como a média, ter sucesso como a média."

Caso você esteja em busca de sua independência financeira e não saiba por onde começar, alguns trechos e frases do livro Do Mil ao Milhão – Sem Cortar o Cafezinho, do empresário brasileiro Thiago Nigro, podem ser úteis e te dar motivação.

Na obra ele aborda principalmente sobre três temas para que o leitor busque sua independência financeira: a melhor forma de gastar, investir e ganhar mais dinheiro, tentando mostrar que todos podem conseguir caso estejam dispostos a aprender e se dedicar; confira!

Banner de Compra - Livro Do Mil ao Milhão




Trechos e frases do livro Do Mil ao Milhão

Frase do Livro Do Mil ao Milhão

Veja abaixo uma seleção com alguns dos melhores trechos e frases do livro Do Mil ao Milhão, que, assim como diversas frases do livro Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki e Sharon Lechter, buscam inspirar as pessoas na sua independência financeira.

  1. Costumo dizer que as pessoas de sucesso geralmente já erraram muito. Afinal, apenas quem está disposto a se arriscar pode errar e, consequentemente, aprender com os próprios erros.
  2. Uma das coisas mais importantes para o investidor ter sucesso é a capacidade de separar o que é “ruído” do que é “sinal”. Em outras palavras, determinar quais são as informações úteis e as que apenas servem para confundir.
  3. O sucesso não alcança quem deixa a vida levá-lo, pois somos nós que a levamos para onde quisermos. E ela sempre nos impõe decisões complicadas, uma dose de riscos.
  4. Não somos nós quem determinamos quem será o maior merecedor das coisas. Quem faz isso é o mercado, e ele só olha para resultados, não para o caminho trilhado.
  5. Trabalhar pelo lucro é melhor do que trabalhar pelo salário. Pessoas ricas nunca possuem apenas uma fonte de renda. Elas entendem que o fluxo de receita não pode vir apenas de um canal e estão atentas a todas as oportunidades de fazer o dinheiro trabalhar por elas, seja por meio de investimentos ou da criação de negócios
  6. Se caminhamos seguindo apenas o senso comum, vamos ganhar como a média, ter sucesso como a média. Ensinaremos nossos filhos, mais uma vez, que apenas comprar uma casa lhes dará segurança, que colocar dinheiro na poupança é melhor do que arriscar em renda variável. Sair da mediocridade, no entanto, não exige apenas de você uma mudança de mentalidade.
  7. Assim como aconteceu comigo, acredito que qualquer pessoa pode alcançar a riqueza estudando, entendendo o básico de finanças e deixando para trás uma série de preceitos.
  8. No caminho de construção da riqueza, a especulação ingênua não pode ter espaço.
  9. Quando o sacrifício vem acompanhado de um motivador, ele vale a pena.
  10. Trilhar esse caminho rumo à independência financeira não se trata apenas de ganância ou amor excessivo ao dinheiro, como muitos gostam de pregar. Ao contrário, pode ser essencial para encontrar equilíbrio emocional nos mais diversos aspectos da vida. Estar de bem com o dinheiro nos permite usufruir bens e coisas que vão além do essencial para sobreviver, tornam nossa rotina muito mais prazerosa e abrem caminhos para que exploremos mais lugares, hobbies e experiências. É poder ter um conforto extra em casa, alimentar-se bem todos os dias, ter a possibilidade de planejar uma viagem diferente em família. Em um grau avançado, permite que a pessoa não dependa de emprego algum para o próprio sustento.
  11. Quem vence a corrida da riqueza é quem agrega valor, quem tem mérito, não necessariamente quem se esforçou mais.
  12. O esforço pelo esforço não gera riqueza. O que gera riqueza é o mérito.
  13. Durante muito tempo o brasileiro foi privado da ideia de que não há complexidade em ser rico, apenas trabalho a ser feito. Mas nós precisamos dar um basta nisso. Se é verdade que o conhecimento nos liberta, já está na hora de libertarmos o Brasil da ignorância financeira.
  14. O vencedor não quer ser mocinho nem vilão. Ele só quer triunfar, e com ética, pois ultrapassá-la nunca gerará resultados perenes no longo prazo.
  15. Assim como muitas pessoas, não fui educado para ser um bom leitor desde cedo e, confesso, lia muito menos do que deveria. Com a maturidade, entendemos a importância do aprendizado contínuo e da necessidade de manter-se atualizado, ventilar novas ideias e saber como outras pessoas conquistaram seus objetivos.
  16. Se não somos submetidos à pressão, em geral não encontramos a motivação necessária para a ação e o progresso.
  17. Manter-se ativo e encontrar novos desafios sempre fazem bem e ajudam a engrenagem da vida a continuar girando sem os percalços causados pela desmotivação.
  18. Não existe sorte quando se conhece com profundidade os preceitos do produto em que se colocou dinheiro, seus desafios e vantagens comparados a outras alternativas existentes no mercado.
  19. Quem precisa de elogios o tempo todo para se sentir estimulado ou desmonta diante de qualquer crítica, provavelmente, não será quem dará o próximo passo no mundo corporativo.
  20. Quando possui liberdade financeira, uma pessoa pode aproveitar os estímulos de novos projetos de cunho profissional ou pessoal sempre que desejar. Sem depender de salário, pode até mesmo correr alguns riscos quando julgar necessário.
  21. Fomos programados para acreditar que a riqueza é privilégio de poucos, que ela só é conseguida com muito esforço – não com mérito – e muita sorte. Mas nem tudo isso é verdade.
  22. Ninguém que ultrapassa limites alcança a unanimidade, pois sempre haverá quem questione seu sucesso, diga que você não merece o que recebeu, que todas as suas conquistas foram por pura sorte. Será preciso filtrar os comentários para identificar quais críticas são construtivas.
  23. Não é com isolamento no trabalho ou na gestão de seu negócio que você constrói uma imagem forte. Quem atua como cavaleiro solitário dentro de uma organização corre mais risco de ser conhecido como alguém estranho do que eficiente.
  24. Não acredite que a construção de uma marca pessoal forte venha atrelada à solidão.
  25. O caçador de problemas sempre se acha muito superior e inteligente por encontrá-los, mas nunca coloca a mão na massa para resolvê-los.

Banner de Compra - Livro Do Mil ao Milhão

Depois de ver diversos trechos do livro Do Mil ao Milhão, não deixe de conferir também uma seleção com alguns dos melhores trechos e frases do livro Mais Esperto que o Diabo, que foi escrito originalmente por Napoleon Hill no final da década de 30, mais precisamente em 1938.